contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 16 de outubro de 2021

Líder da oposição, Evinha diz que governo “manobra para barrar CPI” porque “estamos no caminho certo”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
trewqa

PAULO AFONSO- A líder da bancada de oposição, Evinha Oliveira (Solidariedade), reagiu ao requerimento da bancada governista pedindo arquivamento da CPI, cujo texto alega que não compete aos parlamentares fiscalizar verbas advindas de recursos federais, como “uma distração” em meio à denúncias graves de desvio de recursos da Covid-19, e afirmou que a decisão do governo mostra que a oposição está no caminho certo.

“A pessoa que redigiu esse documento sequer teve o trabalho de ler o relatório da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); quem fez o relatório levou em conta interesses próprios que eu não sei quais são, pois se a verba vem para o povo, por que tanto medo dessa investigação?, por que tanto medo dessa CPI?, isso só me diz que estamos no caminho certo, a cada manobra eu tenho certeza disso, são mais de 13 milhões destinados a essa cidade, que não é meu, que eu tenho a obrigação de saber e prestar contas.”

“Como pedem o arquivamento de algo que não foi instalado?”

“É risível. Quando a gente fala que vai fiscalizar nos referimos não à verba federal, mas aos procedimentos das licitações. Por que a ser assim eu não poderei investigar mais a Educação, o Nair, nem a própria legislação de trânsito porque é federal. Então não se trata da origem do recurso, mas como foi utilizado esse recurso”, explicou Evinha.

O papel do vereador.

“São 13 milhões e 213 vidas perdidas aqui nessa cidade. Se eu puder investigar, o quanto eu puder ir atrás eu quero saber se alguma vida foi perdida por falta de gestão nesses recursos. Eu não quero crer, em nenhum momento, que o papel do vereador é estar aqui somente para arrumar exames e pagar conta de luz ou arrumar remédio, o papel do vereador é legislar e fiscalizar, e nós temos que fiscalizar os recursos do município, porque uma vez que ele falta quem padece é a população.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *