contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 20 de maio de 2022

Vereadores estão na expectativa de votar “ou não” a antecipação de crédito, após empréstimo de 80 mi está sub judice

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
e2deac81-4baf-42e0-b1a6-0d148cb795a5

PAULO AFONSO – Antes da entrada em cena do ex-vereador Daniel Luiz com sua “ação popular” acolhida pela Justiça que, automaticamente coloca o Projeto de Lei nº 54 [autorização da Câmara Municipal para que a prefeitura realize um empréstimo junto à Caixa Econômica Federal de até 80 milhões de reais] sub judice, podendo sim ter reviravolta, caso a defesa do Executivo e do Legislativo não convençam o juiz Cláudio Pantoja, a antecipação do crédito no valor de 15 milhões de reais era favas contadas.

Certinho porque o presidente da Câmara, Pedro Macário (PP), como é sabido, não vai agora entrar em contradição com o voto que decidiu pela autorização do empréstimo, e deve, sempre que houver necessidade, desempatar o placar a favor da prefeitura.

A Comissão de Finanças, Orçamento, Fiscalização e Contas, cujo relator é o vereador Marconi Daniel (PHS), pediu mais esclarecimentos sobre a antecipação, mas agora, com as novidades surgidas na última sexta-feira 13, ninguém sabe ao certo o que virar segunda 16.

Macário corre o risco de pautar o projeto e depois, tanto este como o outro, irem para o vinagre. Convinha à Câmara, desta feita ouvir a comissão e trazer o detalhamento pedido. Só para não arriscar pagar uma fatura bem maior com o desgaste de ter ambos os projetos indeferidos.

“Ainda que perca na Justiça, a prefeitura vai recorrer, pode crer”, comentou um interlocutor do governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.