contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

Sem o traquejo de Marcondes Francisco os 80 milhões teriam ido para as Calendas

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
b943b082-0da3-4670-b4fa-8139e8fcad36

PAULO AFONSO – Dona Inocência mal tinha saído da plenária, com seu título de cidadã pauloafonsina com mais de um século de vida, precisos 113 anos, e começaram as negociações para reverter o dano do áudio vazado que, fosse como fosse, já tinha melado as cédulas dos 80 milhões de reais, com a suspeição da tal “capitalização eleitoreira”, para ficar nas palavras de Luiz Humberto.

Por exemplo: Cícero Bezerra (PP) estava indeciso. Eis que entrou em campo a experiência de Marcondes Francisco (PSD), líder da bancada de situação, hoje minoritária, que atravessa três décadas e contornou o que seria um vexame sem precedentes para o prefeito Luiz de Deus (PSD).

Dado que, quando anunciou o empréstimo que pretendia fazer junto à Caixa Econômica Federal, o prefeito tinha os 12 votos na mão, se for considerado que, àqueles que participaram da reunião no dia 06, saíram convencidos a aprovar.

Francisco entrou em campo, foi demagogo, estridente e, vendo que estava se dando bem, ainda aconselhou os colegas, “se eu estou há trinta anos aqui é porque nunca me posicionei contra o povo”, disse para a incredulidade geral.

O resultado é que, pelas vias tortas dos progressistas e com o traquejo de Francisco, Luiz de Deus salvou, por ora, seu projeto de permanecer no poder.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.