contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

Galinho critica Ivaldo Sales e defende sua substituição por Guiarone “Em 90 dias transformou o Municipal”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
minha

PAULO AFONSO – Mário Galinho (SD) elogiou, durante seu pronunciamento na sessão ordinária da Câmara Municipal desta 2ª feira 13, o trabalho do dentista Guiarone Garibalde [ex-presidente do Conselho Municipal de Saúde] à frente do Hospital Municipal há 90 dias.

Segundo afirmou Galinho, o que atesta a incompetência do atual secretário de saúde, Ivaldo Sales Júnior, é o fato de, em pouco tempo, Guiarone ter “transformado o hospital”, e que ali faltava tudo.

“Infelizmente, sabe, temos que atestar a incompetência de Ivaldo; e não apenas eu, mas alguns vereadores e pessoas que entendem [da área de saúde] acham que ele deveria assumir a pasta por completo, porque tem projetos, proposições e corre atrás, infelizmente a velha politicagem não permite”, avaliou Galinho.

Duas secretarias por uma

O vereador criticou o anúncio da criação de uma Secretaria Extraordinária, feita pelo prefeito Luiz de Deus (PSD) que, em meio a uma crise aguda na arrecadação do município [a queda na receita é de 36%, segundo o gestor] vai entregá-la a Guiarone.

Nas palavras de Galinho, o prefeito praticamente demitiu Ivaldo de sua função, deixando-o apenas para receber o salário no fim do mês, porque afinal, se existe uma Secretaria de Saúde, por que a necessidade de se criar outra?, na prática é isso.

“Uma grande humilhação a Ivaldo Sales”, detonou Mário. Observe que o vereador foi até o fim do pronunciamento sem ser interrompido pelos vereadores da bancada de situação.

Segue Galinho: “Eu pedia para sair [referindo-se a Ivaldo], isso mostra que o prefeito não tem pulso para gerir o município, ora é simples, demita o secretário meu irmão, reveja os seus conceitos – o povo está dormindo nas calçadas para pegar uma simples ficha-, reveja os seus conceitos que a política passa.”

Galinho terminou as críticas classificando a situação dos dois secretários de saúde, por assim dizer, de “palhaçada”.

Galinho disse ainda que gostava de Ivaldo “de graça”, e cobrou do amigo o que ele lhe dissera “você disse que não precisa disso não, que era professor, e que estava aqui para contribuir com o prefeito, mas irmão, você não está fazendo mais não, e se fez, eu não nego colegas, eu não lembro.”

 

Foto de Capa: Assessoria de Mário Galinho e Painel.

Um comentário

  • Concordo plenamente com o vereador, segundo a matéria, O dentista tem mérito para estar à frente de uma grande e importante secretaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.