contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 25 de maio de 2022

Marconi Daniel sobre Guiarone: “Ditador, temido, babão e odiado”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
acf11cf8-9961-4c6c-a18d-850fdef75d08

PAULO AFONSO – O vereador Marconi Daniel (Podemos), fez a lição de casa e esperava pelo secretário de saúde, Guiarone Garibaldi, como bem disse semana passada, com ansiosidade.

Porém, o secretário optou por viajar e cumprir agenda em Brasília, retardando sua ida à Câmara Municipal que, agora ficou sem data.

Daniel que veicula na mídia e na tribuna  da Câmara, denuncias contra o gestor da saúde desde que ele assumiu a pasta, na sessão desta segunda 25, deitou e rolou.

Primeiro criticou o fato de só o vereador Edilson do Hospital (MDB) ter sido convidado para acompanhar o secretário à Brasília.

“Poderia ter uma contrapartida desse secretário e montar uma comissão de até 3 parlamentares, e não estou criticando o vereador, mas digo, até que ponto vai esse vínculo de forma direta não só com Edilson e outros vereadores que vou falar não apenas na tribuna, mas à Justiça sobre marcação de exames que acontecem lá [Secretaria de Saúde] de forma errada.”

Daniel apresentou números cavernosos sobre o funcionamento da saúde bucal em Paulo Afonso:

“Eu venho caminhando e são mais de quatorze consultórios odontológicos quebrados sem atendimento, isso é o que o povo quer, que o povo precisa, é que o senhor ande e busque soluções para esses consultórios, pois não tem um algodão para os dentistas fazerem limpeza descente e necessária que o povo precisa.”

Daniel disse que Guiarone demitiu cinco médicos e não sabe o porquê? “Quando era presidente do Conselho Municipal de Saúde tanto que criticava e hoje, em tão pouco tempo é rotulado como o pior secretário que Paulo Afonso já teve, não sou eu quem está falando, pegue seu carro e faça uma visita e vejam vocês mesmo, esse ditador que o povo tem até medo de falar porque ameça nos corredores da secretaria, ameaça no Centro de Especialidade porque ele quer as coisas erradas; quando os funcionários, os técnicos que estudaram opinam como trabalhar de forma correta ele acha justo e começa o samba de transfere, transfere.”

Daniel foi além e disse que Guiarone faltava com respeito à população e que o discurso de de Guiarone se resumia em fazer cortes em verbas e mostrar ao prefeito Luiz de Deus que está economizando. “Saúde é investimento, precisamos de médicos, dentistas e atendimento no HMPA de eficiente, trabalhar a saúde de forma incansável e deixar de babão, deixar de tanto rótulos de status que é o que o senhor mais gosta.”

Cumpre dizer mais uma vez que Guiarone está em Brasília, e que na Câmara, os vereadores da bancada de situação, que poderiam tê-lo defendido, ou pelo menos explicado as demissões dos médicos e se procede a situação caótica dos consultórios odontológicos ditas pelo vereador, não disseram palavra.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.