contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 20 de maio de 2022

“O problema não é a Embasa e sim a falta de emprego”, diz Irmã Leda que votou “sim”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
72be7550-edae-425b-bb5b-ae276e47340d

A vereadora Irmã Leda (PDT), não participou em 2017, da passeata para pressionar a prefeitura contra a renovação da Embasa. Daí por que, o voto favorável à renovação do convênio, mais cedo na Câmara, não surpreende ninguém.

A vereadora nunca havia se manifestado “contra” ou a “favor” da concessionária. Hoje, porém, ela defendeu. E mais: Leda classificou de “sensacionalista” quem faz campanha contra a Embasa, e afirmou que o problema é o desemprego.

“Se tiver emprego essas taxas são pagas [referindo-se aos 80% da Embasa] e depois nós podemos discutir aqui se ela vir a ser reduzida, porque hoje aqui nós estamos discutindo a prorrogação por mais dois anos, vamos dar essa oportunidade [Leda foi vaiada e Pedro Macário pediu compostura do público].”

Em seguida, Leda foi em cima da fala de Zezinho do INSS, que havia dito ter certeza que faltará “pão para os netinhos”, deixando claro que a Embasa fará mal por muitas gerações.

“A Embasa não é o que vai levar “pão” [pausa depois da vaia, Leda continuou], eu sei que as pessoas estão sofridas sim, fragilizadas sim, e com esses movimentos instigando aumenta mais”, disse.

Para realizar o que Leda quer, que no caso é mais emprego, a conta é simples: Luiz Humberto [administrador do BTN] ganha por 40 pais de família, se fosse demitido, já seriam mais pessoas empregadas para pagar a taxa de 80%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.