contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

Jean Roubert fala em “louvar” obras do prefeito e faz os puxa-sacos corarem

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
DSCF6587

PAULO AFONSO – Parte do discurso do vereador Jean Roubert (PTB) nesta manhã 05, foi apenas para exaltar a gestão do prefeito Luiz de Deus (PSD) e justificar aquilo que ele não faz com generalidades, do tipo: “É impossível diante das complexidades que existem hoje em nossa cidade que um único poder, ou que os poderes sozinhos, sem harmonia dos poderes e sem a participação popular consiga resolver.”

Não faz muito tempo, o prefeito a quem dava o codinome de “coronel”, não sabia para onde levava o município, segundo obervação do parlamentar.

O vereador esquivou-se de, por exemplo, responder ao colega Zezinho (sem partido) os motivos de a Embasa estar pior a cada dia, se na célebre votação que a fez  permanecer em Paulo Afonso, Jean se segurou em argumentos técnicos para justificar seu voto.

Porém, assim como o colega José Carlos Coelho (PRB), dito líder da oposição, não se furtou em elogios eloquentes ao prefeito que, dizem os emissários, lhe tem maus bofes.

“É de louvor quando vemos o sanamento básico na cidade melhorado; a cidade está com uma estética bonita, melhorando praças, vias, setores, movimentos históricos e turísticos”, disse Jean.

Vamos lá:  com um orçamento [considerando que a receita foi recuperada], na casa dos 400 milhões de reais, arrumar uma praça aqui outra acolá, merece louvor?

Não faz muito tempo este mesmo parlamentar chocou Paulo Afonso com um número: 40 mil desempregados, dizia com o mesmo tom usado na tribuna hoje.

Eles também devem louvar?

Outra questão que não se pode perder de vista é que, se um parlamentar com as sabidas qualificações de Jean consegue fazer o que os olhos veem, fica quase impossível manter a esperança.

Realmente nós devemos todos louvar e bem-dizer a Deus na esperança de uma renovação no Parlamento urgentemente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.