contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 21 de maio de 2022

Comércio de Paulo Afonso respira, com aparelhos

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
b77feb54-1ad3-4a66-ba86-e8b14d89eeda

PAULO AFONSO – Neste sábado 13, a movimentação no centro da cidade, e nas ruas da feira grande, apresentou o consumidor que passou a circular, de forma inda muito tímida, pelas lojas.

Vale registrar que o setor de alimentos segue dentro da normalidade e que até registra alta [mesmo na crise na sua fase mais aguda, as pessoas precisam comer], mas não se pode afirmar a mesma coisa de bares, restaurantes e, curiosamente os salões de beleza.

Sábado no centro de Paulo Afonso. Quase sem ninguém.

Regivaldo Coriolano, secretário de Indústria, Comércio e Turismo disse que tem mais de quarenta projetos em seus departamentos, parte deles já bem adiantados. Diante do desalento, não chegou a hora de pô-los em prática?, é simplesmente inacreditável.

O fato é que se a econômia atravessa sua maior estagnada, do setor público não chegam boas notícias, como bem avisou, esta semana, o prefeito Luiz de Deus (PSD), dando a informação que a queda na previsão orçamentária chega a 40%.

Talvez, houvesse um esforço maior de ambos os lados, comércio e prefeitura, se chegasse a uma alternativa que mantenha os escassos empregos que ainda resistem à crise. Até o momento, não é o que se observa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.