contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

CPI: Macário entre a cruz e a caldeirinha: oposição já planeja ação na Justiça por prevaricação

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
rewwqad

PAULO AFONSO – “A prevaricação pode custar a cabeça do presidente”, alertou ao Painel, um vereador de oposição, na condição de anonimato.

O presidente da Câmara Municipal, Pedro Macário (DEM), está sentado sobre o relatório da Comissão de Constituição e Justiça – pedindo abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito com 7 assinaturas, e de uma petição, da bancada governista, solicitando o arquivamento da CPI, alegando que a Câmara Municipal não é competente para investigar verbas federais.

A CPI proposta pela oposição pretende investigar o recurso da Covid-19 administrado pela gestão de Luiz de Deus (PSD), cerca de 13 milhões de reais.

A alegação é de que houve malversação de recursos na contratação de empresas.

São pelo menos nove denuncias contra a gestão de Luiz de Deus. “Nós vamos pressionar pela abertura, em havendo resistência da Mesa Diretora não tenha dúvidas que vamos à Justiça, nós não vamos aceitar prevaricação”, enfatizou a fonte.

Macário obteve 15 votos e foi reconduzido à presidência. Mas como a farinha na Câmara está pouca, o pirão da oposição deve ser o primeiro a ser servido.

É preciso lembrar que os 4 vereadores da oposição original, por assim dizer, não têm o que perder, mas tem gente agregada que está sem lenço e sem documento, atrás de não deixar a CPI ir para o beleléu, onde já residem suas antigas benesses na gestão.

Daí por que Pedro Macário deve finalmente dizer o que vai fazer com a documentação que recebeu, até lá, haja arrocho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.