contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 30 de novembro de 2021

Bero apoia Jean: “Quando enfrentamos a votação dos 80 milhões fomos perseguidos e punidos”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Bero

PAULO AFONSO- O vereador Bero do Jardim Bahia (PSB), lembrou nesta segunda-feira (20), o rompimento dele e do vereador Marconi Daniel (Podemos) com o prefeito Luiz de Deus (PSD), em 2019, quando se negaram a votar de forma sumária o projeto de lei que autorizava a prefeitura adquirir o empréstimo de 80 milhões de reais junto à Caixa Econômica Federal.

À época, Bero diz ter sentido na pele o que ocorreu agora ao vereador Jean, e alertou aos colegas que, qualquer um deles pode ter o mesmo destino.

“Quero lhe parabenizar Jean, pela sua coragem, de defender o que é certo. A gente nesse momento. Eu me lembro claramente da votação dos 80 milhões, Marconi Daniel. Nós fomos chamados às pressas numa terça-feira para votar o projeto na quinta. Nós colocamos o pé na parede e não aceitamos. Vinha 80 milhões num Projeto de Lei em duas folhas, uma pedindo o dinheiro e a outra a penhora da receita do município”, comparou Bero, acrescentando que, dali para a frente, só enfrentou perseguição e punições.

“É um governo que não é democrático, não usa o diálogo, não conversa com o povo.”

Bero pediu atenção do presidente da Câmara, Pedro Macário (DEM), em relação ao comportamento imparcial da Mesa Diretora, sob pena de cair em descrédito total com a população.

“Essa Mesa não pode ter lado. A Secretaria dessa Casa não pode ter lado, porque a população está observando tudo o que acontece.”

A oposição tem expectativa de apreciar o relatório da Comissão de Constituição e Justiça sobre o requerimento que pede abertura de uma CPI, até o fim deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *