contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 16 de maio de 2021

Audiência Pública elaborada por Marconi Daniel forçou recuo da prefeitura “O projeto do Nair agora seguirá o trâmite”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
a1b05aa4-160b-4463-b23f-9bea1665f44f

PAULO AFONSO – O vereador Marconi Daniel (Podemos) comemorou há pouco, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal, o recuo da prefeitura sobre o Projeto de Lei nº 21 que dispõe sobre a qualificação das organizações sociais no âmbito municipal.

A prefeitura havia sinalizado na semana passada, que tinha urgência máxima na aprovação- prevendo atropelo dos trâmites legais no Legislativo- porque tenta se livrar da gestão do Hospital Nair Alves de Souza, alegando quebradeira generalizada com a despesa de mais de 3 milhões de reais por mês.

Marconi Daniel agilizou a Audiência Pública, forçou a participação da prefeitura que se saiu muito ruim em suas explanações e lançou dúvidas sobre a gestão de uma Organização Social, alegando ter, mais uma vez, interesses não revelados pela gestão, em outras palavras: interesse político.

O resultado foi o recuo da prefeitura sobre a urgência da aprovação do PL que agora está sob o julgo criterioso dos parlamentares, por meio das comissões.

“A deficiência lá [No Nair Alves de Souza] é muito grande, falta tudo, do transporte para levar pacientes porque os carros estão quebrados ao fio da máquina de Raio-x; então eu me pergunto como é que está gastando três milhões e meio num hospital e a situação está dessa maneira?, o Nair precisa de técnicos e não de politicagem com a vida humana”, pontuou o vereador.

“Paulo Afonso tem que ser gestão federal, fui em Petrolina, e lá a gente vê a diferença de um hospital federal.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *