contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 27 de fevereiro de 2021

Forçada pelas circustâncias, finalmente, prefeitura adotará medidas drásticas para conter a Covid-19

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Sem título

PAULO AFONSO – Há quase dois meses o boletim epidemiológico do município registra mais de 700 casos ativos e UTIs cheias. Não raro com uma ou duas vagas.

Para ser precisa, bastou o arreganho da eleição e, posteriormente, as festas de fim de ano, para uma situação que vinha sob controle, tomar um rumo sombrio.

Neste domingo (21) o governador do estado, Rui Costa (PT) anunciou a ampliação do toque de recolher, amanhã 22, a partir das 20horas até às 5h, em razão da ocupação das UTIs ter chegado a 80%.

O prefeito Luiz de Deus (PSD) ainda não formalizou a mudança no mais recente decreto publicado no fim de semana, mas é certo que não vai de encontro às medidas duras do estado, se o fizer, se responsabiliza mais ainda pelo caos já estabelecido.

Hoje, infelizmente, o número de mortos subiu para 77 com 764 pessoas ativas.

Com isto não se afirma que o município tenha cruzado os braços ante o avanço da Covid, mas é notável que agiu com medidas demasidamente pálidas quando a situação requeria ações duras. Um dia elas viriam, para o bem ou para o mal, e melhor que tenha sido hoje.

 

Foto: ASCOM/PMPA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *