contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 24 de novembro de 2020

David Cavalcanti crava uma vitória impressionante com 3.147 votos de frente, a maior margem da história

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
124558020_3383563481761631_1016019798688543877_o

GLÓRIA – É certo que a oposição não quis vencer as eleições. Isto o Painel disse há um ano.  Agora também foi especulado que o ex-prefeito Policarpo dos Santos, quando uniu-se a David Cavalcanti (Progressistas), foi sozinho, sem levar sua base. Quem afirmou isso errou feio.

O ex-prefeito não só levou todo mundo, como resta provado, e também David habilmente, alargou sua própria margem de eleitores sendo um gestor presente, atuante e comprometido. A frente de votos imposta por David é impressionante: ele superou seus concorrentes e ainda sobrou.

Foram 5.860 vatos, ou 58%, contra o 2º lugar, 2.713 de Alex Almeida (Podemos), que ficou com 27,08% dos votos; e Cícero Moraes (PT) 1.444 votos, correspondente a 14,42%.

Pois é, David foi o maior sucesso das urnas na região e por isso, nem mesmo ele esperava dado o murmurinho do povo. Porém, o que a boca fala nem sempre o coração sente.

Em tempo: em 2016 a eleição foi decidida no sufoco: pouco mais de 500 votos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *