contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 19 de maio de 2022

Mário Galinho faz duras críticas a Ghiarone: “Todos que entram na Secretária botam para lascar!”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
0055cb07-4113-41ab-a5dd-3bbb43de9ff1

PAULO AFONSO – O veread0r Mário Galinho (SD) não perdoou a falta de sensibilidade, por assim dizer, do secretário de saúde, Ghiarone Garibaldi que, no entendimento do parlamentar deveria ter se posicionado publicamente sobre as fatalidades ocorridas no Hospital Nair Alves de Souza, no último fim de semana, onde mãe e filha morreram, segundo o Hospital em decorrência de eclampsia. Mas para a família, por negligência médica.

“A família teve muita coragem. E foi um choque de realidade. Infelizmente é isso mesmo, as mães têm parto induzido para fazer a mãe sofrer até chegar o parto normal. Mas isso não foi parto normal, esperar seis dias empurrando medicamento na veia de uma mãe com gravidez de risco para poder bater as metas.”

Galinho disse que as dúvidas ficaram: “Até hoje ninguém sabe o que aconteceu, tem lá um tal de doutor que o sobrenome dele é ‘Carniça’ já estão dizendo lá não foi o primeiro caso que aconteceu.”

O silêncio do secretário e do Ministério Público

“O mínimo o secretário não fez. O mínimo, o grande problema é que nós não precisamos ser provocados, o Ministério Público de origem é um órgão fiscalizador, teria que se levantar e correr atrás, agora o secretário de saúde não teve a decência de fazer um telefone para a família, de saber como eles estavam?, de solidarizar com a causa, de uma nota pública, de ele mesmo entrar no Ministério Público, isso é um absurdo, o que a gente tá vendo aqui.”

“Com Ghiarone tudo piora, também”

Galinho voltou a criticar o fato de Ghiarone não ter ido à Câmara, quando convocado, “isso é improbidade administrativa e nós vamos entrar; se falta médicos – porque eles brigam pelos direitos – eu não vejo o secretário fazer  uma abertura de chamada para a contratação de médicos; só pode existir na Secretaria um jumento amarrado porque todo mundo que entra ali bota pra lascar nessa Casa, me desculpem as palavras, mas a realidade é essa!”

O vereador ainda mandou um direct para o colega Edilson do Hospital (MDB), sempre muito próximo a Ghiarone, inclusive viajou com ele, que, como é sabido, tem um filho trabalhando na Secretaria.

“Tem gente muito ligada a ele que deveria está mostrando a realidade a ele, mas não faz porque tem o rabo preso, tem filho contratado ao município com salário de 5 mil reais – por isso não tem coragem de falar nada aqui-, e por isso as coisas estão aí; tem acidente com carro do município na área rural, que também estamos investigando, com carro da saúde, e nós legislamos sobre isso: todo carro público precisa ter sua plotagem que é para saber quem roda nele, para quando acontece um negócio desse não ficar encoberto.”

Finalizando sua participação na tribuna, Galinho disse que nunca pensou em dizer isso: “Mas o senhor Ghiarone é um irresponsável, e eu tenho moral para falar isso porque desde o início do meu mandato participei das sessões do Conselho Municipal de Saúde e aprendi muito com o senhor, mas infelizmente só na teoria, porque na prática está muito longe disso.”

 

 

2 comentários

  • Havia passado da hora, mas nunca é tarde para reconhecer a dura realidade que esse secretário está causando para nossa cidade: uma administração pífia e uma questão imoral que até agora não sei pq o prefeito não tomou nenhuma medida com esse secretário. A imoralidade dele dentro da Secretaria de Saúde envergonha qualquer Paulo Afonso. Parabéns Galinho por reconhecer essa terrível má gestão desse secretário. Alguns diziam que vc era o responsável por ele estar nesse cargo, mas vc prova agora que se enganou. Parabéns.

  • Coitada da secretária. Tão botando pra lascar nela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.