contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 20 de maio de 2022

Macário salva projeto dos 80 milhões pela 3ª vez e nega com veemência que seja um acordo para ser o vice de Luiz

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
ab7c02a4-97cb-459a-8d5d-bd199a447584

PAULO AFONSO – Ao final de ter salvado pela 3ª vez consecutiva o projeto dos 80 milhões de reais com seu voto minerva, o presidente da Câmara, Pedro Macário estava irritadíssimo com a pressão que sofrera durante toda a sessão e também pelas discussões acaloradas entre o líder da bancada de situação Marcondes Francisco (PSD), e o vereador Zezinho, e depois no embate com Bero do Jardim Bahia (PT).

Ao Painel, Macário negou veementemente que vá saí do PP para ingressar no DEM, assunto que toma conta das esquinas do poder na prefeitura, e mais: que salve o governo pensando na chapa majoritária.

“Não eu tenho um partido chamado PP, esse é meu partido. Quem pensar que eu estou votando com prefeito ou deputado está enganado eu voto com a minha consciência. Eu tenho 76 anos de idade bem vividos e eu nunca precisei de prefeito nem de deputado para nada na vida. A não ser como amigo. Não voto porque fulano quer ou deixou de querer. Eu tenho certeza que voto é a favor do povo porque as necessidades são prementes e eu voto a favor da sociedade”. declarou.

E esse negócio que o senhor vai para os democratas é verdade?

Meu Deus do céu!, eu não sei nem que inventou isso. Eu não sentei com ninguém nem de lá nem de cá para falar sobre política, eu sei que no dia que eu quiser mudar eu falo que não estou satisfeito e até agora não vi a necessidade.

Houve excesso hoje, durante a sessão?

Quem me conhece sabe que eu sou democrata. Não é hoje, eu até entendo que a sociedade não pode pagar por vontades individuais certo?, então aquilo que eu puder dar liberdade ao parlamentar ele vai ter, liberdade é o que convence a sociedade. Agora, eu não posso admitir que isso aqui vire uma feira, isso é uma Casa Legislativa, o embate é necessário, mas com respeito. Eu respeito a todos para ser respeitado, agora isso não pode poxa! Cê viu que eu chamei atenção de Marcondes Francisco várias vezes – é preciso respeitar quando o colega está falando, eu morro com minha consciência.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.