contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 21 de maio de 2022

Flávio Henrique: “Estão tentando fazer antecipação de pleito eleitoral”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
26797b50-52aa-4515-9469-3c795f20a186

PAULO AFONSO – Há pouco o vice-prefeito Flávio Henrique rebateu em entrevista à RBN  duas reportagens veiculadas no Painel nesta quinta-feira 21.

A primeira mostrava o esfregar de mãos  de gente que monta a estratégia da campanha à reeleição do prefeito Luiz de Deus (PSD),  sobre o afastamento de juízes do TJ-BA que, segundo eles, vai acelerar a conclusão de processos que envolveriam o ex-prefeito Anilton Bastos (Podemos), Contudo, como foi mostrado no Painel, não há processos envolvendo o ex-gestor no TJ.

“Anilton não tem nenhum processo no Tribunal de Justiça, isso é de uma maldade, aí ela [Eu] começa a matéria dizendo claramente que foram integrantes da equipe que assessora Luiz de Deus que mandaram isso para ela, então eu acho e vou conversar com Luiz, que está havendo uma falta de sintonia entre o que ele está falando e o que a equipe dele está fazendo;  talvez isso esteja atrapalhando um pouco não só politicamente como administrativamente à prefeitura”, pontuou Flávio.

Sobre a auditoria da Controladoria Geral da União, cujo conteúdo já é do conhecido de ambos os lados, antes já havia sido relevado pelo vereador Mário Galinho (SD), Flávio disse que o órgão não ouviu as partes:

“Um empresário [Flávio não revelou a nome] que tem negócios em Alagoas me disse três meses antes que ela iria vir, e me disse mais: o que a CGU iria investigar, isso é muito grave Paulo Afonso, e é com base nesse relatório furado que está sendo agora sim, pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal ele está sendo esmiunçado, escavacado, devidamente investigado e as pessoas estão sendo ouvidas.”

Adiante o vice-prefeito questionou os critérios utilizados pela CGU. “Muitas coisas já caíram e outras vão cair, por exemplo, a situação da UPA,  a auditoria veio para cá e nós verificamos que a planta era da UPA de Jequié que eu nem sei se foi construída.”

Flávio também disse que a CGU não mediu adequadamente as distâncias perdendo detalhes como ida e volta em povoados e uma série de coisas que explicariam as distâncias apresentadas pela Secretaria de Educação.

“Estou a sua disposição Guiarone”

“A atuação que eles [CGU] fizeram em Paulo Afonso falta em muito tanto no ponto de vista técnico como jurídico – porque não ouve a defesa, não houve o contraditório e porque não dizer, trás uma série de suspeita em torno da atuação.”

Flávio depois fez a síntese de tudo, afirmando que, na verdade o que está em curso é a antecipação do pleito eleitoral, coisa de que, aliás, ninguém tem duvida.

“Isso aqui é antecipação de pleito eleitoral, tô sabendo que também é uma antecipação da ida do secretário [Guiarone] à Câmara, mas se ele vai lá para fazer isso não tem o que fazer, me desculpe, tá sem ter o que fazer, está indo fazer política, politicagem, para que isso?, não já está nos órgãos de fiscalização?”

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.