contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 20 de maio de 2022

Emissários: “Operação no TJ Bahia mexerá na política de PA”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
page

PAULO AFONSO –  Faz alguns dias, integrantes da equipe que assessora o prefeito Luiz de Deus (PSD) que, cumpre distinguir, não se trata da Ascom [comunicação institucional] mas da assessoria política, por assim dizer, faz cálculos de possíveis dividendos eleitorais  advindos de ações que se encontram na Justiça, contra seu adversário maior, o ex-prefeito Anilton Bastos (Podemos).

Embora a conversa ainda esteja no murmúrio, com o suposto esquema de sentenças e grilhagem no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que culminou no afastamento de magistrados do Tribunal, inclusive seu presidente, Gesivaldo Brito, o grupo acredita que, “Processos que estavam “engavetados” terão seu andamento normal, e devem seguir seu leito, deixando assim figurões da política fora do páreo em 2020”, leia-se: Anilton.

Em conversa com integrantes do grupo de Anilton, cujo trabalho é o mesmo, o de fomentar sua campanha, eles asseguraram não haver nenhum problema com a 2º instância que possa atrapalhar a campanha do ex-prefeito.

Segue a fonte, sempre na condição de sigilo:

“Pesa sobre o ex-prefeito Anilton Bastos o grande fardo de responder a mais de 160 processos, e ainda sobre o ex-prefeito Raimundo Caires (PRB) que também possui processos em tramitação.

A CGU entregou um verdadeiro arsenal contra o ex-prefeito, que também deverá ser usado para formação de novas peças jurídicas, como também já poderemos ter novidades nessa segunda-feira(25) na câmara municipal.”

 

Um comentário

  • Três perguntas e um pedido:
    1 ) Como a senhora sabe que pesa sobre o ex-prefeito O fardo de responder a mais de 160 processos?
    2) Como a senhora sabe que a CGU entregou tal arsenal?
    3) A quem a CGU entregou o mesmo arsenal?
    4) Poderia citar sobre que versam pelo menos três desses processos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.