contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

Votação: Leda ausente, e sem “traição” na oposição, nem Macário resolve

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
f63d3818-ef91-4460-9751-d84867bb6738-ocicco78dpkij5v5ucsye2mhi5b7givkq4wqll6oso

PAULO AFONSO – Conversando com interlocutores do prefeito Luiz de Deus (PSD), neste domingo 27, eles asseguraram que o prefeito tenta desfazer essa situação delicada em que se encontra na Câmara Municipal.

Todas as ações que dizem respeito ao projeto de lei que autorizou o empréstimo de 80 milhões de reais, que será feito à Caixa Econômica Federal, estão na dependência do presidente da Câmara, Pedro Macário Neto (PP), [aqui].

Com as bacadas bem divididas, sete para cada lado, o governo passa aperto em todas as votações, porque a oposição em peso não se convence da necessidade do empréstimo, alegam que há motivos que não foram confessados em público, como angariar recursos públicos para serem gastos na eleição vindoura.

Por seu turno, o governo não faz rigorosamente nada que disfarce o intento alegado pela oposição. Qual obra das 33 alegadas está em curso?; para ficar apenas numa questão.

Se Macário colocar na mesa as alterações pedidas pelo governo no projeto, que disponibiliza outras fontes da receita do município para quitar os juros por exigência da Caixa, nesta 3ª feira 29, sem a presença da vereadora Irmã Leda (PDT) que está de licença médica, o governo perderá a questão.

A oposição se reuniu na última sexta-feria e fechou questão sobre o assunto, tem os sete votos. “A não ser que consiga dissidência na bancada de oposição, pode acreditar que o governo conversa com dois vereadores que podem mudar o voto na hora e Macário entra para salvar mais uma vez”, disse a fonte.

Tudo leva a crer que ninguém na bancada de situação queira correr o risco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.