contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 19 de maio de 2022

Vice-prefeito fala sobre isolamento na gestão: “O sentimento é de frustração”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
e2e84b38-adad-45e7-bb59-c43f8354f4a0

PAULO AFONSO – O município sofreu uma perda de receita do Impostos Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços [ICMS] em 2016, que quase o levou a solvência, não fosse um feliz trabalho realizado pelo então procurador Flávio Henrique.

O tombo levaria a demissões e cortes nos serviços. Como o cenário havido há poucos meses, cuja recuperação, embora tenha ocorrido, não deu fôlego ao governo, como aconteceu no período de Flávio. Além de recuperar a receita, vale lembrar, o vice-prefeito conseguiu uma correção no valor da energia que deu ativos suficientes para terminar aquele ano com dinheiro em caixa.  Estamos falando em ano eleitoral.

Isso posto, e sendo vice-prefeito, foi um estranhamento geral quando o problema se repetiu e Flávio não foi convidado sequer a participar das discussões. O vice-prefeito solicitado para palestras sobre o tema Brasil afora, ficou sem poder colaborar com as soluções por questões meramente políticas.

A mesquinhez e aqui convém dizer, falta de espírito público do prefeito Luiz de Deus (PSD) não se sabe ao certo por quais influências azedou e tornou pública, porque o silêncio de Flávio nesse caso gritava o clima entre eles, que um não pertencia ao governo do outro. Muita vezes embora apareçam na mesma foto, tudo não passa de aparências.

“O sentimento é de um pouco de frustração né, a gente fica triste, mas assim o meu mandato quem me deu foi o povo de Paulo Afonso e eu vou cumprir até o final. Eu estou à disposição da cidade e do povo de Paulo Afonso, da prefeitura, eu coloquei aqui no meu discurso [Flávio falou durante o encontrão do Podemos na pizzaria Sparttacus], vaidade zero, não tenho problema nenhum com isso, tendo cargo ou não eu me coloco para resolver os problemas do meu município, nesse momento eu adquiri experiência e know-how, respeito as escolhas, apenas discordo, e fico sem entender às vezes”, disse Flávio ao Painel.

Algumas pessoas justificam esse isolamento, porque quando esteve à frente do município o senhor teria se excedido. O senhor acha que isto se dá por ciúme?

Não acredito. Nunca me disseram, então eu prefiro não flertar com uma ideia, porque nunca me chamaram para conversar. Temos uma relação respeitosa e amistosa e, repito: estou à disposição para ajudar. Estando ou não vice-prefeito.

 

 

 

Um comentário

  • ELES SEMPRE FAZEM ISSO, SIMPLESMENTE IGNORAM AS PESSOAS QUE O AJUDARAM E NÃO DÃO NENHUMA SATISFAÇÃO, MAS QUANDO COMEÇA A CAMPANHA ELES VOLTAM DE NOVO A PROCURAR OS BESTAS, NO CASO DE FLÁVIO DEVE-SE A UM SENHOR DAS ALAGOAS CHAMADO ADERVAL. ELE DETESTA FLÁVIO, TALVEZ PORQUE FLÁVIO SEJA MELHOR ADVOGADO DO QUE ELE, MAS TODA INTRIGA DEVE-SE A ELE QUE GANHA HORRORES DE DINHEIRO COM SEUS CONTRATOS DE ASSESSORIAS A PREÇO DE OURO. DR. LUIZ SÓ ESCUTA ADERVAL E CINTIA E SÓ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.