contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

Depois de grande estardalhaço da RBN, prefeitura arquiva investigação contra empresas do sogro de Jean Roubert

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
48391977_1930318373752823_4843493800053571584_n

PAULO AFONSO – Antes de o Partido Progressista fechar com o prefeito Luiz de Deus (PSD), elegendo Pedro Macário para a presidência da Câmara, tirando Jean Roubert (PTB) do páreo, a RBN fez uma campanha como nunca antes em seus mais de 30 anos de fundação, contra o vereador.

Dia sim, noutro também, o nome dele, e mais incisivamente, de sua esposa, Ivana dos Santos [representante do pai, dono das empresas que ganharam licitações na prefeitura], estava no ar, sob suspeição.

O repórter Gil Leal [com anuência do diretor de jornalismo Jota Matos, é claro], não mediu distância e chegou a afirmar que, se a prefeitura não se manifestasse sobre as denúncias, ele mesmo procuraria o Ministério Público.

Gil alegou a formação de cartel para que as mesmas empresas ganhassem sempre a concorrência. À época, o repórter falava abertamente que havia suspeita de empresas fantasmas.

Jean Roubert, por seu turno, defendeu [na tribuna da Câmara] as atividades empresarias do sogro, alegando que “são trinta anos de serviços empresarias sem que houvesse nada irregular” e mais: chegou a levar as representantes das empresas e disse que todas tinham endereço.

Não satisfeito, Jean pediu duramente a criação de uma comissão que investigasse também empresas ligadas a outros vereadores, cintando, Leco  e Marconi Daniel, ambos do (PHS).

Vale lembrar o seguinte: Jean era oposição, Marconi e Leco governo. No caso deste último ainda o é.

O tempo passou, Jean se disse arrependido do que fizera “sou neófito na política, cometi erros”, pediu arrego, e, bem ou mal voltou ao governo. Inclusive, na sessão desta 2º feira 23, teve o acalanto de Marcondes Francisco (PSD), líder da bancada de situação, dizendo que, entende o momento do vereador, que teve  posições equivocadas mas que ficaram no passado.

Em miúdos: a volta de Jean não foi à toa. Além de as empresas voltarem a vencer contratos, coisa considerada impossível caso o vereador continuasse na oposição e da forma como vinha, mordendo a gestão, agora, muito satisfatoriamente, o prefeito acaba qualquer suspeita sobre as atividades das empresas em questão.

Ocorre saber o seguinte: para onde vai agora o pêndulo da Rádio Bahia Nordeste?, naqueles dias, a emissora alegava fazer seu trabalho de vigilância com a coisa pública. Coisa digna de aplausos.

Mas, e uma vez que o prefeito decide o contrário, embora como se pode constatar no despacho, embasado, como fica a emissora?

As empresas, pelo fato de Jean ter voltado agora são imaculadas?, e por que não eram antes?; por quê? em última análise: a rádio agora será obrigada a seguir sua linha de vigilância, pois caso endosse o caso em tela, deixara transparecer que seu pêndulo vai sempre na direção do prefeito, esteja este certo ou errado.

Resumindo a ópera:

2 comentários

  • Jornalista não sejamos levianos nos comentários, sabemos que as empresas são idôneas e contribui p o desenvolvimemto do Município. Trabalho arduamente na empresa a mais 6 anos, ganhando dignamente o meu sustento e de minha família, inclusive somos em mais de 10 funcionários, todos somos pais de família.Desse jeito fica difícil acreditar nos políticos e nas pessoas. Sao vcs q tornam a política desacreditada pois fazem questão de atribuir aos políticos e aos empresários qualificações desmerecidas. Acho bacana quando vc escreve sobre novas oportunidades p os paulo afonsinos. Vamos tentar escrever uma historia diferente da contada.Nao viria aqui escrever p defender se visse ou ouvisse alguma de irregularidade na empresa, tudo não passou de um jogo político sujo q vc agora está fazendo parte. Escrevi aqui e gostaria q vc postasse na sua página.

  • Devemos saber primeiro a procedência da denúncia, as empresas ligadas ao sogro do vereador Jean, presta serviços via licitação a anos, não só na prefeitura de Paulo Afonso, como também em vários diversos órgãos da cidade e outros municípios, jamais, ele, sua esposa Ivana e principalmente seu sogro jogariam um legado e um nome e sobrenome na lama. Deitar, dormir e acordar em paz, é sinônimo de honestidade e idoneidade da família Félix Neto, não tenho procuração para defesa, apenas o tempo e a convivência me habilitam a tal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.