contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 21 de maio de 2022

Comerciantes de bares falam em fiasco da Copa Vela e mostram ruas desertas “Não tem um turista perdido”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
e9a73eac-0c78-45c5-8f49-c995f559574a

PAULO AFONSO – A Copa Vela deste ano foi improvisada. Na semana do evento, só nela, foi anunciada a programação. Como bom vendedor de nuvens, o secretário de Cultura e Esportes, Jânio Soares, apressou-se ainda no suor do batidão em dizer que pela rua estavam mais de 70 mil pessoas.

A multidão até podia estar, mas não houve efeito para o comércio, me garantiram agora a noite, alguns comerciantes que se disseram impressionados com a falta de circulação na cidade.

“A Copa Vela para nós foi um fiasco completo. E hoje, passados aí duas semanas, veja como está a cidade, um deserto total, aqui nem de bobeira vimos um turista. As pessoas estão em casa, não tem circulação, a coisa tá muita feia pra gente”, disse um dono de restaurante na condição de sigilo.

“/De noite, eu rondo a cidade, a te procurar, sem encontrar…/”

Notem que, o desalento dos comerciantes não encontrou eco na organização da festa nem nos órgãos que os representam. Na abertura da festa,  a prefeitura informou que tanto o comércio estava animado como a rede hoteleira festejava o preenchimento máximo. Ambas as informações, como se verificou posteriormente não foram desmentidas pelos representantes ASCOPA e CDL.

“Volto pra casa abatida/ desencantado da vida/o sonho, alegria me dá, nele você está…/”, pois é, dada a realidade que vemos agora, só resta aos comerciantes, sonhar com dias melhores.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.