contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

Vereador Galinho foi o único voto contra as diárias equivalentes: “Muito gasto”

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
63c20d75-c6cc-4472-9cfd-bacdee6445ad

PARLAMENTO – O vereador Mário Galinho (SD) foi a única voz dissonante sobre a necessidade de equiparar o valor das diárias da prefeitura de Paulo Afonso, na última segunda 17, na votação da Lei Municipal 1.413/2019, que dispõe sobre a concessão de diárias.

Na opinião do vereador não havia urgência para a votação, como alegou o prefeito Luiz de Deus (PSD), bem como vai onerar mais ainda o município, Galinho comentou seu voto em entrevista ao repórter Carlos Alexandre:

“Deveria passar pela transição normal da Casa, é um projeto complexo com mais de 23 artigos, por mais que não mude o valor da diária, muda os cargos que podem recebê-la, e era necessário um estudo mais técnico e eu não posso votar representando o povo no escuro.”

De acordo com a nova regra, os servidores que antes recebiam diárias com valores diferenciados, para participar de uma mesma atividade, terão seu valor equiparado ao servidor que recebe a maior.

Por exemplo: se viajarem o prefeito Luiz de Deus e seu oficial de gabinete, ambos receberão 468 reais, que é adiaria maior. Antes o oficial receberia 195 reais.

Vale dizer que as diárias até o limite de 10 (dez) são pagas antecipadamente e que cabe ao secretário de administração examinar a prestação de contas e os documentos rejeitando o que não estiver dentro da lei,

Marcondes Francisco (PSD) ponderou as observações de Galinho, lembrando que já acontece dessa forma na Câmara Municipal.

Veja um trecho do decreto:

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.