contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

Major Júnior nega que haja surto de sarna entre os detentos no complexo prisional de PA

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
DSCF7293-600x450

PAULO AFONSO – Mais cedo, o repórter Gil Leal, da RBN, informou que “havia um surto de sarna”, no complexo prisional, com muitos presos ardendo. “É de fazer dó, é preocupante a superlotação, mais de 800 presos numa unidade que é para 200, não é brincadeira não”, disse Gil, acrescentando que, “não havia remédio para dar aos presos.”

Gil também disse que para toda essa população só há seis agentes prisionais.

Em contato com algumas fontes, e com o diretor do presídio, Major Júnior, ele negou que haja um surto. De acordo com ele, “não procedem as afirmações de surto de sarna, apenas tivemos alguns casos que estão sendo tratados, pois estamos com medicamentos para tal fim, no tocante a catapora tivemos apenas dois casos que também estão separados em tratamento.”

No que diz respeito as outras informações do repórter, sobre lotação e número de agentes, o major não as contestou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.