contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 26 de maio de 2022

“Em junho acabaria o plantão do Nair”, lembra Daniel Luiz

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
b0aa736a-5cd5-4861-8126-3a3f88480622

Agora que a Justiça Federal determinou que a Chesf continuasse com o serviço hospitalar Integral, no Nair Alves de Souza até o final de 2020, graças a uma ação do ex-vereador Daniel Luiz, com o advogado Thiago Bianchi, a população não se preocupou mais.

Porém, convém lembrar que, o tempo a mais conseguido na Justiça, não é tão longo assim. Segundo explicou ao Painel, Bianchi:

“A Chesf iria encerrar parcialmente as atividades do hospital agora em março, depois da pressão popular, passou para meados de junho, até que nós conseguimos judicialmente que ela cumprisse o acordo feito antes com a União [através da Univasf] e vai até 2020, mas é um tempo curto para as providências que devem ser tomadas” alertou.

Ainda de acordo com Bianchi, o Nair para ser assumido pela Univasf terá que mudar sua característica de unidade particular e se tornar público; nisto estavam previstas reformas estruturantes que não seriam assumidas pela Univasf, mas pela própria estatal, governo do estado e união. Nesse sentido, em que pese 2020 ser bem ali, nada foi feito.

“As alegações da Chesf, inclusive chamando atenção para o não repasse da prefeitura de Paulo Afonso, ao longo desse tempo, não são incorretas, ocorre que a Justiça não poderia deixar que se fechasse um hospital como esse, de repente, sem que haja uma saída para o atendimento de milhares de pessoas”, explicou Bianchi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.