contato@ivonelima.com.br

Paulo Afonso-BA, 19 de maio de 2022

Cruzeiro da PA4 é o melhor time do BTN e comemoração pelo campeonato varou a madrugada

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
caaap

Com todos os percalços neste domingo 07, os times do Cruzeiro da PA4 e Mutirão decidiram o Campeonato do BTN 2018/2019, sendo que o Cruzeiro levou o triunfo, no jogo que só foi decidido na cobrança dos pênaltis.

Parceiros do Campeonato do BTN.

Fiel e empolgada tanto a torcida dos clubes como os apoiadores do campeonato, a mídia alternativa e os patrocinadores, verificaram nesses meses de competição, que o esporte extrapola a questão da competição e cria laços profundos de amizade, respeito e solidariedade.

Faltou muita coisa ao campeonato, mas as pessoas se uniram e a festa do Cruzeiro, pela resenha apresentada por Beto da Liga, justa e merecida, na verdade é a festa das pessoas do bem, que acreditam e investem no esporte.

Time do Cruzeiro da PA4 comemora o título do BTN 2019.

Veja  a resenha de Beto da Liga:

Demorou quase 100 minutos entre o jogo e as cobranças de penalidades para finalmente a torcida da raposa da PA 4 soltar o grito de campeão! O jogo como comentamos a semana inteira, não tinha favorito; as duas equipes chegaram a grande final em situações parecidas, nas semifinais venceram seus adversários nas penalidades, isso já apontava um certo equilíbrio na teoria e dentro do campo o jogo foi bastante parelho.

Porém a maior oportunidade para se abrir o marcador surgiu pelo lado do Mutirão, através de uma cobrança de penalidade desperdiçada por seu goleiro, a partida era regida por dois “velhinhos”; de um lado o matador, Domário, que sempre que ousava levava perigo ao gol do Cruzeiro com seu faro de matador, do outro lado, tinha um jogador que aos 45 anos, esbanjava fôlego e desejo de menino, Serginho era o grande protagonista do jogo, movimentava-se e comandava o Cruzeiro até ser substituído na segunda etapa.

Tafareu, Beto da Liga e convidados.

Os dois times já se acomodavam no jogo e via-se claramente o desejo de ir para a decisão por penalidades para quem sabe aí brilhar as estrelas dos dois melhores goleiros da competição, e como pênalti não é sorte, valeu a pontaria dos jogadores do Cruzeiro que estava mais afiada e levou a raposa ao título máximo do campeonato do BTN.

Após a solenidade de premiação a torcida do Cruzeiro fez a festa pelas ruas do bairro e a festa foi até altas horas da segunda-feira. Parabéns, campeões e povo do BTN que deram um grande exemplo de como torcer e fazerem a verdadeira festa do esporte!

 

 

Já estamos com saudades e até breve!

 

Vejam o memento da carreata pelas rua do BTN:

 

Painel com produção de Beto da Liga. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.